Sites Grátis no Comunidades.net

C.Caç. 2381 - OS MAIORAIS




ONLINE
1


 

 

… E CINQUENTA E UM ANOS JÁ SE FORAM!

Parece que foi ontem, mas já lá vão cinquenta e um anos de vida. A nossa chegada a Bissau deu-se a 6 de Maio de 1968. sabemos que pelo menos 37 dos nossos já partiram para a outra vida. Muitos, nunca dram sinal de vida, o que é compreensível, pois a guerra deixou-nos marcas dolorosas difíceis de apagar; alguns, já não se sentem com coragem para "fazerem" os quilómetros que nos separam, para se juntarem a nós neste dia de convívio anual, outros, a doença que os corrói impede-os de se juntarem a nós. Mas ainda há alguns, muitos, que aí estão todos os anos para o fraternal abraço, dois dedos de conversa e um almoço bem servido.

Desta vez, paramos na Quinta do Codorno, nos arredores de Alenquer. estava um lindo dia de sol, um dia propício para trinta e três Maiorais e suas famílias num total de 73 convivas, se juntarem  para conviverem e marcar novo encontro para o ano que vem.

Em 2020 comemoramos cinquenta anos de regresso, que se concretizou no dia 9 de Abril de 1970

O Encontro comemorativo será no mesmo local, ou seja, na Quinta do Codorno em Alenquer, no dia 18 de Abril de 2020.

Contamos com o esforço de todos os Maiorais que têm resistido ao tempo para estarem presentes com o seu grito de vida

José Teixeira(Enf)


Total de visitas: 134854
ÁGUA POTÁVEL EM AMINDARA

 

 S

O projecto Sementes e Água Potável para a Guiné Bissau arrancou na Tabanca de Amindara na mata do Cantanhez, a terrível mata que no tempo da guerra colonial foi o centro de muitas lutas, muitta dor, muitas lágrimas e muito sangue derramado por ambas as frentes de combate.

 

O Pepito da AD - Acção para o Desenvolvimento ONG, enviou-me a seguinte mensagem em 12 de Julho.
Dispensa comentários. Vivamos com emoção a alegria daquela gente.


Amigo

Amindara está em Festa!!!
Só visto!
Ontem jorrou pela primeira vez água do poço.
O que mais entusiasmou a população foi a surpresa de verem a água a subir sem que fossem os braços de uma criança ou de uma mulher a puxar o balde lá do fundo dos 18 metros.
Não sabiam para que servia o painel solar e pensavam que iriam continuar a "catar" a água a balde
Agora é só pôr o alguidar a jeito e ala que se faz tarde.
Havias de ver toda a população aos gritos e a dançar.
Só o propiciar esta alegria vale tudo nas nossas vidas.
OBRIGADO Tabanca Pequena!
abraços
pepito
POÇO
O Poço de água potável construido em Amindara
A
O milagre de água potável e fresquinha captada a 18 metros de profundidade

A partir de hoje, aqui em Amindara estamos a viver como os brancos… …

 

 

 

Foi com este linda e saborosa frase que o Chefe da Tabanca de Amindara anunciou aos seus familiares em Bissau que Amindara já tinha água fresquinha e boa, ali a 18 metros de profundidade e não a cerca de três Km.,enquanto as mulheres e as crianças em delírio cantavam e dançavam.

 

O seu sonho de décadas realizou-se graças a solidariedade dos antigos combatentes portugueses, seus familiares e amigos.

 

 

Foi dia di ronco, garandi ronco para Amindara que se vai repetir em breve na tabanca de Medjo, porque a solidariedade não tem fronteiras.

 

Agora só falta colocar o depósito para garantir que a água não falte, mesmo nos dias de chuva 

Já arrancamos em Medjo.
 Os poceiros ( especialistas da AD em abrir poços) já lá estão a trabalhar. Dentro de alguns dias os habitantes de Medjo terão água potável junto à porta de casa.
Como ainda não dinheiro para o equipamento terão de puxar a água a balde.

Criar um Site Grátis   |